Header Ads

Anuncie aqui, Aqui todo mundo ver!

Notícia do Entorno – Presidente da AMAB, Hildo do Candango participa do lançamento do Programa VILAH 7 Curvas


O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília – AMAB, Hildo do Candango está trabalhando para promover o desenvolvimento da região do Entorno e atrair investidores para gerar mais empregos e renda para população.





Graças a sua vasta experiência e conhecimento, Hildo tem buscado melhorias para o Entorno e conquistado o respeito e a admiração dos prefeitos dos municípios adjacentes à Brasília.
Na última quarta-feira (27), o presidente da AMAB, Hildo do Candango participou do lançamento do Programa VILAH 7 Curvas, que tem como objetivo levar desenvolvimento para toda região, voltado para área industrial, logística, automobilista e hoteleira.
O novo empreendimento será construído em um área de 99 hectares, às margens da Rodovia BR – 060, com recursos exclusivos da iniciativa privada. Com a finalização da obra, o mesmo grupo empresarial será responsável por atrair indústrias que atuem nas áreas de logística, tecnologia, confecção e serviços.
A instalação do polo industrial conta com um investimento privado de R$ 90 milhões e receberá cerca de 70 empresas, que vão gerar três mil vagas de empregos diretas e cerca de doze mil indiretas. O espaço terá terrenos de 500 a 50 mil metros quadrados e mudará o perfil do Entorno de Brasília.
Diariamente, mais de 30 mil pessoas se deslocam de Santo Antônio do Descoberto para trabalhar em Brasília. Embora seja uma cidade com 70 mil habitantes, o município goiano tem a terceira menor renda per capta de Goiás.
O presidente da AMAB, Hildo do Candango destacou a importância do Programa VILAH 7 Curvas para os municípios do Entorno de Brasília.
“Me sinto muito feliz em acompanhar mais esta conquista para o Entorno. Sei o quanto isso irá agregar para nossa população. O Distrito Industria Sete Curvas, construído às margens da BR-060, vai gerar cerca de quinze mil empregos, 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.